REGULAMENTO

O Programa da Aceleradora do Laboratório Transfronteiriço de Empreendedorismo e Inovação visa o desenvolvimento de competências através da formação e orientação, realizada por especialistas em empreendedorismo social com vista a impulsionar a criação e consolidação de iniciativas sociais inovadoras na região da EUROACE.

O Programa é desenvolvido através de um processo de formação e acompanhamento, que combina o trabalho colaborativo, com tutorias individualizadas, através de dinâmicas de inovação social, vocacionadas para a capacitação e desenvolvimento das competências dos participantes.

O objetivo final do programa é o de promover a uma cultura de empreendedorismo social que vise a implementação de novos modelos de negócios, sustentáveis, que resolvam problemas sociais ou ambientais, e que gerem mudanças sociais com impacto positivo no território.

O Programa de Aceleração é uma atividade desenvolvida no âmbito do programa EFES – Ecossistema Transfronteiriço para a promoção e impulso do empreendedorismo e da economia social com impacto na região Euroace. Este projeto é cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) através do Programa INTERREG V-A ESPANHA – PORTUGAL (POCTEP) 2014-2020.

A QUEM SE DIRIGE

  1. Empreendedores sociais que pretendem querem criar um negócio social sob qualquer forma jurídica;
  2. Empresas, organizações ou entidades constituídas sob qualquer forma jurídica, que realizem uma atividade económica que resulte em impacto e/ou transformação social ou ambiental;
  3. Empresas constituídas sob qualquer outra forma jurídica que tenham previsto lançar novas linhas de negócio que gerem impacto social e/ou ambiental e que podem resolver desafios sociais na território Euroace.

Nota: para mais informação sobre quais os problemas sociais/e ou ambientais, verifique os resultados Workshop diagnóstico aquí.

MODALIDADES DE PARTICIPAÇÃO

A ACELERADORA de PROJETOS tem duas formas possíveis de participação:

  1. FASE 1. PROCESSO COMPLETO DE ACELERAÇÃO DE PROJETOS: Se a sua iniciativa ainda está em fase de ideia e necessita de definir a sua viabilidade técnica e económica, a Aceleradora de Projetos proporcionará as ferramentas certas para isso, através da realização do seu Plano de Viabilidade.

 

Uma vez finalizada a FASE 1, poderá aceder diretamente a FASE 2.

 

  1. FASE 2. CRIAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DA EMPRESA: Se a sua iniciativa conta já com uma estrutura viável, está em funcionamento e tem produtos e serviços desenvolvidos, a modalidade de Criação e Consolidação da Empresa permitirá fortalecer a sua iniciativa, desenvolvendo e aprofundando o respetivo Plano de Negócio.

 

Nota: O Programa de Aceleração desenvolve-se nestas duas modalidades de participação considerando que muitas iniciativas que já passaram por uma fase inicial de ideação e de desenvolvimento do MVP (Minimum Viable Product) e que por isso podem aceder diretamente a fase de Criação e Consolidação do Plano de Negócio. Pretendemos assim, oferecer um serviço mais personalizado e ajustado as necessidades dos projetos com impacto social na EUROREGIÃO.

FASE 1. PROCESSO DE PRÉ-ACELERADORAÇÃO DE PROJETOS

Os participantes terão como objetivo desenvolver um modelo de negócio e criar um MVP.

FASE 1. PRÉ-ACELERAÇÃO DE PROJETOS. Desenvolvimento da ideia através de 5 sessões de capacitação:

  •  9/maio: Da ideia inicial à ideia inovadora com impacto social;
  • 10/maio: Cadeia de valor social – geração de benefício mútuo entre a sociedade e iniciativa;
  • 16/maio: Design de serviços/produtos – satisfazer as necessidades de utilizadores e clientes;
  • 21/maio: Modelo de negócio – do desafio social à orientação para o mercado;
  • 22/maio: Modelo de negócio – proposta adequada aos participantes.

FASE 2. CRIAÇÃO E CONSOLIDAÇÃO DO PLANO DE NEGÓCIO SOCIAL

Nesta fase os participantes devem ter definida a sua ideia de negócio, ou porque participaram da fase anterior ou porque já a desenvolveram com recursos próprios. O resultado desta fase será a criação de um Plano de Negócio.

Esta fase contempla um processo de formação e orientação personalizada e inclui as seguintes ações:

  • Diagnóstico – Ponto de da situação da iniciativa
  • Desenvolvimento do Plano de Negocio Social
  • Formação específica
  • Acompanhamento e tutoriaDESCARREGE AS BASES DA CONVOCATORIA

PROCESSO DE INSCRIÇÃO

 Inscreva-se enviado a descrição do seu projeto/ideia para vanessa.durao@adral.pt ou cis@fea.pt.

A Call estará aberta até 1 de maio de 2019 às 22:00 horas! Participe!.